sábado, 21 de março de 2015

Una Pistola en cada Mano (2012)

Uma comédia inteligentíssima, com diálogos impecáveis, filmada em 2012 pelo espanhol Cesc Gay, - mas que só chegou ao Brasil em 2014.

Natural de Barcelona, Gay tem 47 anos e 10 filmes na carreira como diretor – e 11 como roteirista, com 26 premiações e outras 17 indicações. E o cara ainda assina o roteiro, que escreveu junto com Tomàs Aragay.

O filme foi rodado em Barcelona e traz um elenco tão poderoso que é impossível não ficar estupefata diante da química entre eles.

É humor inteligente, pra rir com riso franco; humor que molha a terra árida da gente, ressequida pelas comédias americoescatológicas com as quais, mesmo sem querer, a gente se depara vez em quando.

Trilha sonora deliciosa de Jordi Prats!

O filme tem foco no universo masculino (¿De qué hablan los hombres?) e retrata suas fragilidades, ditas e demonstradas por eles mesmos, mas, na maioria das vezes, reveladas por nós, mulheres.

Aliás, só as mulheres no filme têm nomes. Clara Segura é Elena, Candela Peña é Mamen, Leonor Watling é María e Cayetana Guillén Cuervo é Sara.

Aos homens foi dada apenas uma letra. Assim, Eduard Fernández é E., Leonardo Sbaraglia é J., Javier Cámara é S., Ricardo Darín é G., Luis Tosar é L., Eduardo Noriega é P., Alberto San Juan é A. e Jordi Mollà é M.,

Meio em duplas, esse maravilhoso elenco nos apresenta cinco histórias distintas, algumas sem a presença direta de personagens femininas, outras com, mas todas elas simplesmente deliciosas!

Por arremate, os homens se encontram no final.

Esses homens reais, frágeis, em crise, jovens ou de meia idade, apresentados em Una Pistola em Cada Mano, são simplesmente extraordinários no mundo de super homens em que vivo.

Esses homens reais, que não mais assim se mostram hoje, são simplesmente um fenômeno! Eu me apaixonei por todos eles e por cada um em particular.

Obrigada, Cesc Gay! Eu quero mais!

Confira o trailer:

Postar um comentário