terça-feira, 19 de junho de 2012

Coco Chanel & Igor Stravinsky


Coco Chanel & Igor Stravinsky (2009)

O perfume Chanel Nº. 5 tem o aroma do profundo amor vivido entre Coco e Igor.


O filme é impecável! Inicia por nos mostrar Coco (Anna Mouglalis), bem jovem e de cabelos longos, ainda vivendo seu amor por Boy Capel (Anatole Taubman), descobrindo Stravinsky (Mads Mikkelsen) em um concerto mal sucedido na França.


13 anos mais tarde, após a morte de Body em um desastre automobilístico, já de cabelos curtos, Coco o leva para morar em seu bangalô, juntamente com Katarina Stravinskaya (Elena Morozova), sua esposa doente, e os 4 filhos do casal, a fim de que pudesse criar sua música com tranquilidade, uma vez que ele se refugia na França, ao final da Revolução Russa.


A Sagração da Primavera está para ser executada, e o que se assiste no filme é toda a tensão criativa que a precede, toda a atração elétrica que há entre os dois, permeada pelo triângulo com a doente Katarina, os conceitos morais e as diferentes culturas trazidas em si pelos dois amantes num período pós guerra.


Uma história muito diferente de amor. Não pense que vai encontrar aqui o amor romântico. Não mesmo! O que se dá aqui é envolvimento de deuses criativos e amorais! Um amor carnal que transcendeu a carne e se tornou qualquer coisa de imortal e profano, cujos filhos foram deixados ao mundo por ambos: a música de Stravinsky e as criações de Chanel.


Destaque para Elena Morozova, que vive a erudita camponesa esposa de Stravinsky com uma convicção e uma dignidade medonhas!


Eu superhipermegarecomendo!

Postar um comentário