sábado, 5 de janeiro de 2013

A PROFESSORA DE PIANO (2001)


Trazendo filmes anteriores do festejado diretor austríaco Michael Haneke, A Professora de Piano foi o primeiro e perturbador filme do Haneke que assisti.

Isabelle Huppert interpreta magnificamernte a professora de piano Erika Kohut, ao mesmo tempo protagonista e antagonista neste filme.

O filme é repleto de signos psicanalíticos que dizem com a castração, a repressão de desejos e o modo como tudo o que é reprimido finda por vazar da alma, através do comportamento humano.

A figura da mãe, a erudita racionalidade imposta a Erika em sua vida entediante onde ensina piano no Conservatório de Viena, vão dando espaço a nossa observação do que é secreto no comportamento sexual voyeur e masoquista da professora de piano e na reprodução do comportamento castrador.

Como tudo em Haneke, imensa densidade e reflexões angustiantes a respeito da dualidade humana.
Postar um comentário